Meu marido me apostou no Poker, e perdeu…..

Gostou?

Meu nome é Claudia e o fato que vou relatar aconteceu a 5 anos. Na época eu tinha 32 anos e meu marido, Fábio, 35. Considero-me uma bonita mulher, digamos agraciada pela natureza: sou uma morena de quadris largos, cintura fina, coxas bem torneadas, seios médios e uma barriguinha retinha que mantenho a base de academia. E tudo isso faço questão de mostrar, utilizando roupas que valorizam ainda mais o meu corpo. Continuar lendo Meu marido me apostou no Poker, e perdeu…..

Estava Grávida, Fui Assediada Pelo Vizinho…..

Gostou?

Bom… agora já nos meus 30 fiquei grávida de novo sem esperar.. Meu (novo) marido concordou em ter um filhotinho temporão e lá vai minha barriga inchando de novo. Tô bem barrigudinha, e ao mesmo tempo com uma vontade descabida de transar, não sei o que ocorre, meu marido realmente não dá conta e tenho que me tocar várias vezes por dia pra tentar assoprar o fogo que vive na minha perereca… Continuar lendo Estava Grávida, Fui Assediada Pelo Vizinho…..

De Professora Particular à Amante Profissional

Gostou?

Antes de mais nada, este conto se passou comigo a mais de 30 anos, e só agora é que tive coragem de tornar pública essa história, fui professora desde os meus 19 anos, atualmente tenho mais de 60 anos, e sou aposentada, esse fato único ocorreu quando tinha meus 29 anos, estava no auge da idade e acabei perdendo a compostura… Continuar lendo De Professora Particular à Amante Profissional

Apresentando nossa majestade, o Clitóris!

Gostou?

Um recado sobre o clitóris, o melhor amigo do homem!
O melhor amigo do homem não está à espera de um biscoito ou da ração e a atenção que lhe é dispensada deve ser bem mais intensa!
Se você acha que a sensação de uma lambida na cabeça do seu pênis é coisa de outro mundo, é porque não sabe do que o, clitóris é capaz! Continuar lendo Apresentando nossa majestade, o Clitóris!

Cunhada Malvada

Gostou?

Fui viajar com minha namorada para G:ramado/RS passar as férias de inverno, fomos eu, ela, seus pais e minha cunhada, todos num só carro, no fim da tarde, saímos de são paulo e pegamos a estrada, era noite de julho, muito frio, íamos eu, minha namorada e sua irmã no banco traseiro da blazer de seu pai. La pela meia noite, minha cunhada Simone, deitou-se sobre as pernas de minha namorada que chamarei de Tânia, e ficou quase encostando na minha coxa. Estávamos com um cobertor sobre as pernas devido ao frio e Tânia cobriu mais ainda Simone, que vagarosamente se estacava e vinha em minha direção. Continuar lendo Cunhada Malvada